Notícias

10.07.2017

Porã Bernardes fará palestra em Blumenau sobre o novo mundo digital para pessoas e negócios

Compartilhe: Google+

Na próxima quinta-feira, dia 13, o jornalista Porã Bernardes estará em Blumenau para realizar a palestra “Como o novo mundo digital impacta sua vida e seu negócio”. O evento será às 19h30, no Teatro Michelangelo, da Uniasselvi Blumenau. Porã, famoso por participar do programa Pretinho Básico, é jornalista, Mestre em Design Estratégico, professor e trabalha com comunicação há 24 anos. Os ingressos estão à venda AQUI.

Os ingressos estão sendo comercializados por R$ 40,00 cada para associados à CDL Blumenau e R$ 45,00 para o público em geral. Estudantes, professores, portadores de necessidades especiais e jovens de baixa renda têm direito à meia entrada. Para estes, o valor da meia entrada corresponde ao segundo lote de ingressos e o valor é de R$ 27,50. A comprovação é obrigatória no evento.

O evento, que faz parte do Ciclo de Palestras promovido pela CDL Blumenau em parceria com a UniSagres, conta com o patrocínio do Banco de Desenvolvimento da Região Sul (BRDE), Hospital Santa Catarina, Rádio CBN Vale do Itajaí, Seven Comunicação Total e Uniasselvi e o apoio da rádio Nereu Ramos.

Para mais informações os interessados podem acessar www.cdlblumenau.com.br ou entrar em contato pelo e-mail comercial@unisagres.com.br ou fone (47) 3221-5777.

Porã Bernardes

Porã Bernardes é jornalista formado pela Famecos- PUC-RS. Atua na comunicação há 24 anos, participou de times de primeira nas rádios Ipanema e Pop Rock. Por mais de 10 anos trabalhou no Grupo RBS, onde participou da bancada do Pretinho Básico, programa de maior audiência no sul do Brasil.  Apresentou também o Programa do Porã e o ATL News na Rede Atlântida, além Longboard e Vinyl Lab na Itapema FM. Mestre em Design Estratégico e professor pela Unisinos, pesquisa o impacto do novo ambiente digital nas mídias tradicionais e nas organizações como um todo.

 

Newsletter

©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo