Notícias

26.11.2008

Entidades empresariais entregam carta de reivindicações para autoridades

Compartilhe: Google+

Reunidos nesta quarta feira, dia 26 de novembro, pela manhã na Casa do Comércio, os representantes das principais entidades representativas das classes empresariais e de trabalhadores de Blumenau e região, elaboraram um documento direcionado para as autoridades federais e estaduais sobre os recentes acontecimentos lamentáveis que atingiram a comunidade como um todo. No documento, entregue no início da tarde por uma comitiva ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estão os pedidos como:

TRIBUTOS/IMPOSTOS:

- Liberação emergencial e imediata do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços para a região;
- Postergação e parcelamento do pagamento de impostos federais e renegociações até janeiro de 2009;

SISTEMA BANCÁRIO/FINANCIAMENTOS:

- Que os bancos oficiais federais (BB e CAIXA) e bancos privados que tiveram seus compulsórios reduzidos que disponibilizem linhas de empréstimos com carência de 12 meses e juros subsidiados abaixo de 0,5% ao mês as pessoas físicas e jurídicas;
- Criação de linhas de crédito específicas através do sistema financeiro federal para pagamento de aluguéis, férias, folha de pagamento de novembro/dezembro e 13 salário;
- Suspensão da cobrança de juros e multa dos títulos que vencem entre 22 de novembro e 31 de dezembro de 2008;
- Criar linhas de crédito especiais, sem burocracia, via BNDES para reconstruir as empresas atingidas pelas enchentes e enxurradas em Blumenau e região que podem ser operacionalizadas pelos bancos de fomento da região como o BADESC e o BRDE;

RECEITA E POLÍCIA FEDERAL:

- Liberação de mercadorias apreendidas pela Receita Federal e Polícia Federal para doação imediata aos flagelados;

DEFESA CIVIL:

- Reaparelhar e revitalizar o 23 BI para se tornar um centro especializado em resgate de catástrofes, bem como implantar uma Unidade Regional de Defesa Civil para o Vale do Itajaí e sediada em BlumenauINFRA-ESTRUTURA:
- Liberação de recursos federais para refazer a infra-estrutura e reconstrução da cidade.

MORADIAS:

- Moradias: liberação emergencial de recursos do Sistema PAR para a construção de no mínimo 3.000 moradias para as famílias atingidas pela catástrofe.

HOSPITAIS:

- Liberação de recursos a fundo perdido para os hospitais da região

O objetivo principal da solicitação urgente é para que haja um imediato atendimento que dê condições de se manter as condições básicas de sobrevivência da comunidade. Basicamente é necessário manter as necessidades básicas de moradia, alimentação e segurança, também com a manutenção dos empregos e por consequência a geração de renda, que poderá ajudar a recompor todas as perdas materiais, tornando viável o funcionamento e sobrevivência das empresas. Complementando as reivindicações, ao Governador do Estado, Luiz Henrique da Silveira, também será entregue um documento com o seguinte conteúdo:

- Postergação por 120 dias do ICMS e demais impostos estaduais e o pagamento de forma parcelada;

- Liberação de recursos estaduais para refazer a infra-estrutura da cidade e região;

- Interagir com o Governo Federal para agilizar a liberação de recursos federais do PRONAF para a agricultura familiar;

- Liberação e transferência de créditos acumulados de ICMS.

Com estas estratégias encaminhadas, cada segmento participará em outras rodadas de assuntos relacionados ao governo municipal, sempre buscando uma condição de conforto e garantia para as famílias da região. Assinaram o documento, dirigentes como os presidentes da CDL, Sindilojas, ACIB e AMPE, Marcelino Campos, Alexandre Ranieri Peters, Ricardo Stodieck e Sônia Medeiros, bem como o presidente do SINTEX, Ulrich Kuhn, e líderes de entidades como SESCON, Sindivest, SIHORBS, Sindicato dos Bancários, entre outros.

 

Newsletter

Sistema CNDL
©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo