Notícias

14.05.2009

SPC/SC: Varejo catarinense ensaia recuperação

Compartilhe: Google+

Em meio ao cenário econômico afetado pela crise de crédito e de confiança do consumidor, o varejo catarinense dá sinais de recuperação para os próximos meses, avalia Ivan Roberto Tauffer, vice-presidente de Serviços da FCDL/SC.
Segundo o balanço mensal divulgado pela FCDL/SC, gestora do SPC no estado, a inadimplência do consumidor catarinense aumentou 33,74% frente ao mesmo período do ano passado. A facilidade do crediário em alguns segmentos do varejo, entre eles o ramo duro­­ – que engloba os bens duráveis e automóveis usados - foi um dos fatores que alavancou o número de pessoas que não honraram suas dívidas.
As consultas à base de dados do SPC, que são “termômetro” de vendas de 26 mil empresas comerciais, caíram 5,31% em relação a abril de 2008. Mesmo com o aumento no volume de vendas durante a páscoa, o número ficou negativo como resultado da redução do crédito e desemprego. “A retração nas vendas é reflexo da falta de educação financeira do consumidor, principalmente, em função do crescimento de uma faixa de novos consumidores que buscam crédito, mas não estão habituado com o sistema, o que gera mais inadimplência”, analisou o vice-presidente.
Para Tauffer, o varejo catarinense caminha para a estabilização. Do total de R$ 61 milhões em dívidas registrados no comércio no mês de abril, foram recuperados aproximadamente R$ 39 milhões (64% do total). “Os números apontam que nos próximos 60 dias a inadimplência vai cair, por que o consumidor que está inscrito no SPC vai pagar suas contas e voltar a ter crédito na praça”, avaliou.
 

Fonte: FCDL/SC

 

Newsletter

©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo