Notícias

22.02.2013

CDL Blumenau esteve presente em reunião para anular decreto de lei que aumenta impostos das empresas do Simples

Compartilhe: WhatsApp

Um ônibus levando Associados da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Blumenau partiu para nessa semana (20/2) com destino ao auditório da Assembleia Legislativa, na capital. A comitiva participou, com mais de 600 empresários de todo o Estado, da reunião que buscava a anulação do decreto que aumenta os impostos das empresas do Simples. Mas os empresários voltaram para casa sem uma solução. Apenas com a promessa de que o debate vai continuar em outro encontro, agendado para o dia 26 de fevereiro. “Temos que apostar na união para defender as empresas, a geração de empregos e o desenvolvimento”, destacou Paulo Cesar Lopes, presidente da CDL Blumenau.
 

O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL-SC), Sergio Medeiros, abriu a plenária apresentando aos empresários, deputados e ao secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni, argumentos para a anulação do decreto 1.357. Ele mostrou através de gráficos o aumento da carga tributária que pressiona as micro e pequenas empresas e rebateu a justificativa do governo para a edição do decreto, que seria buscar o fortalecimento da indústria catarinense. “Em qualquer lugar do mundo, o protecionismo com elevação de impostos traz duas consequências: o aumento de preços e a queda de vendas, o que acaba diminuindo a empregabilidade e desestimulando o empreendedorismo,” disse.

 

 

Newsletter

Sistema CNDL
©2016-2022 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG

Política de Privacidade
Topo