Notícias

16.10.2013

Pequenas empresas despontam em licitações

Compartilhe: Google+

As compras do governo federal de empresas de pequeno porte, aquelas com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, somaram R$ 15,4 bilhões em 2012. O dado mostra que as pequenas empresas também podem ser parceiras do setor público. No ano passado, os contratos de destaque foram para itens médicos, softwares e de subsistência. Para participar de uma concorrência pública, é preciso analisar os custos da empresa atuais e futuros, inclusive a inflação, para decidir o valor mínimo a ser ofertado sem ter prejuízo. Também é preciso verificar os documentos exigidos, como certidões que comprovam a não existência de débitos fiscais ou trabalhistas.

Dispositivos da Lei Geral da Micro e Pequena dizem que elas podem oferecer um preço até 10% maior do que uma grande companhia e que há licitações de até R$ 80 mil exclusivas para empresa de pequeno porte. Com isso, o associativismo aparece como peça fundamental para que essas empresas obtenham sucesso nas licitações. Através de uma associação, os empresários trocam experiências e criam parcerias que as fortalecem para concorrências públicas, entrando para a lista de fornecedores dos governos. As pequenas empresas não ganham grandes licitações, mas há possibilidade de um consórcio, onde cada empresa explora suas técnicas.

 

 

Newsletter

Sistema CNDL
©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo