Notícias

13.03.2017

As perguntas que o empreendedor deve responder antes de expandir os negócios

Compartilhe: Google+

Quando uma empresa está indo bem, é comum que o empreendedor pense em alternativas para escalar a sua ideia. As vantagens são evidentes, como a aumento da lucratividade e da notoriedade no mercado. Para ter sucesso, no entanto, é preciso estar atento a alguns fatores que devem estar alinhados a essa estratégia. Nesse sentido, é importante que algumas perguntas sejam feitas antes que os passos da expansão sejam colocados em prática. Confira quais são elas:

1- Atualmente, estou operando com 100% da minha capacidade?

Ter sucesso na empresa é o primeiro passo para a expansão. Por isso, antes de abrir uma nova unidade, o empreendedor deve verificar o quanto sua operação é rentável, testada e adaptada ao sucesso de longo prazo. É essencial ter clareza quanto às dificuldades, formas de gestão e sazonalidade do negócio. Se depois dessa análise você perceber que a tríade conhecimento, tempo de mercado e lucratividade está equilibrada, você está no momento ideal para crescer.

2- Qual modelo de expansão é mais adequado para o negócio?

Depois de validar o momento de expandir a empresa, é preciso descobrir qual formato irá atender melhor. Provavelmente, por estar em alta no mercado, o modelo de franquia será a primeira opção. Mas vale lembrar que também é possível crescer por meio de licenciamento, canais multimarcas, capital próprio ou, até mesmo, através de investidores estratégicos. Todos têm seus prós e contras e o empreendedor deve balanceá-los de acordo com suas expectativas. Para que tenha mais precisão nessa escolha, talvez seja interessante buscar a assessoria de uma consultoria.

Para não ter dúvidas, o recomendado é investir em um estudo de franqueabilidade. Assim, o profissional poderá atestar se a expansão pelo franchising é a sua melhor opção. Através da análise do seu planejamento estratégico, financeiro e operacional, esse estudo irá diagnosticar qual o potencial de expansão, replicação e lucratividade do negócio. Dessa forma, é possível vislumbrar toda a estrutura que será necessária para ter sucesso nessa nova empreitada.

3- O quão seguro(a) estou dessa decisão?

Independe de qual estratégia de crescimento o empreendedor adotar, para concretizá-la será preciso investir tempo e dinheiro. Por isso, é essencial estar completamente seguro(a) dessa decisão. É necessário um bom planejamento, entender os obstáculos e benefícios para só depois de ter um plano de negócio bem formatado tomar a decisão.

Caso o empreendedor esteja inclinado em franquear sua empresa, essa segurança é ainda mais importante. Esse passo significar lidar com pessoas que, muitas vezes, investirão o dinheiro de toda uma vida nesse sonho.

4- Qual papel assumir durante esse processo?

É normal o empreendedor fazer sua expansão em paralelo com o operacional da sua empresa, mas essa não é a atitude mais recomendada. Por isso, analise qual papel pretende assumir nesse processo. Se escolher estar à frente da franqueadora, por exemplo, será responsável pelo crescimento e suporte da rede. Por isso, mesmo estando no início da expansão, será difícil garantir a qualidade da gestão na sua unidade enquanto precisa cuidar do investimento em marketing, entrevistas com franqueados, implantação de unidades e retirada de dúvidas.

5- Como validar a expansão?

Uma boa forma de fazer isso é estruturando uma operação modelo, pois assim é possível dar mais segurança ao investidor. Ao optar pelo modelo de franquia, o ideal é montar uma unidade com todo o layout padrão, funcionando como franquia e servindo como treinamento. É possível estruturar esse modelo como uma unidade própria ou em parceria com algum conhecido ou franqueado, que tenha o perfil ideal para operar a franquia. Nesse caso, é recomendado que o empreendedor contribuia com parte do investimento inicial ou diminua os custos para o franqueado por meio da taxa de franquia ou royalties.

Por fim, além de pensar em fatores financeiros, é preciso se dedicar muito aos operacionais. Inovar, buscar novas formas de gestão, realizar treinamentos. Enfim, investir sempre no que for melhor para o negócio.

*Alex Vigatto Silva é especialista na área de planejamento financeiro e estratégico de negócios e sócio administrador da GOAKIRA Consultoria Empresarial.

Fonte: Portal No Varejo

 

Newsletter

©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo