Notícias

30.05.2017

Índice de inadimplência aumenta de 0,18%, em abril

Compartilhe: Google+

O índice de inadimplência de Blumenau em abril, diferentemente de março, apresentou um aumento de 0,18%. Conforme o Gráfico 1, verifica-se na série histórica do indicador de inadimplência de Blumenau que esta é a segunda alta do mês, depois de duas quedas consecutivas. Por ser um valor próximo de zero, isso demonstra uma manutenção da inadimplência no município neste mês. Conforme pontuado anteriormente, a liberação do FGTS das contas inativas vai aliviar as contas dos blumenauenses ao longo do ano. Além disso, há sinais positivos de retomada da atividade econômica no Brasil, sendo que o fundo do poço já ficou para trás. Comparando com abril do ano passado, no Gráfico 1, os valores totais de registros estão 5,99% maiores neste mês. 

gráfico 1

Em relação a quantidade de registros em abril de 2017, houve uma queda de -7,09% em relação ao mês anterior (ver Gráfico 2). A quantidade de novos registros de abril também decaiu em 3% (-2,93%), porém, foi maior em relação a quantidade de registros do mesmo mês no ano anterior (-13,08%).

Gráfico 2 – Quantidade de registros, variação mês a mês, abril de 2016 a abril de 2017

Sobre os outros dados sobre os registros em Blumenau, o mês de abril de 2017 apresenta significantes variações negativas, indicando diminuição de registros, isto é, menos crédito inadimplente. Em relação às variações mensais, destacam-se: (1) o número de pessoas, houve uma queda de -20,61%, e (2) o valor total negativado, que apresentou uma queda expressiva de -34,01%. Por outro lado, as variações anuais apresentam valores bem menores, destacando-se apenas o número de pessoas, que é -9,69% menor do que há doze meses atrás. O Quadro 1 resume as variações mensais e anuais dos indicadores.

Quadro 1 –Variação mês a mês e variação anual de indicadores de registro

O Gráfico 3 apresenta a variação mensal da quantidade de cancelamentos. Em relação ao mês anterior, abril de 2017 apresentou uma queda de -27,90% nos cancelamentos de registros. Com base nos dados anteriores, é normal uma queda após uma alta. O comportamento do indicador neste mês é bem diferente do que ocorreu em abril de 2016, quando houve um aumento de 5,30% nos cancelamentos.

 Gráfico 3 – Quantidade de cancelamentos, variação mês a mês, abril de 2016 a abril de 2017

Conforme dados do Quadro 2, os indicadores de cancelamento de abril de 2017 tiveram variações negativas significativas nas variações mensais, mas, com variações pequenas nos nas variações anuais. Nas variações mensais, cabe destacar: (1) o número de pessoas caiu -15,17%, e (2) o valor cancelado declinou -32,62%. 

Quadro 2 –Variação mês a mês e variação anual de indicadores de cancelamento

Em resumo, o mês de abril foi muito positivo para o comércio de Blumenau. Houve diminuição nos registros de maneira menos intensa que a diminuição no número de cancelamentos, comparando-se com os respectivos dados do mês passado. Portanto, neste mês, o índice apresentou uma leve alta, ficando muito próximo de estável (variação nula ou zero). No mês, o índice de inadimplência aumentou em Blumenau (0,18%). 

Relatório elaborado pelo Projeto de Extensão Cidadania Financeira no Vale do Itajaí
Bruno Thiago Tomio
Professor da FURB e Economista (CORECON/SC-3525)
 

Newsletter

©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo