Notícias

25.08.2017

Sete coisas que o consumidor fará quando a economia voltar a crescer

Compartilhe: WhatsApp

O Brasil inteiro está aguardando o fim da crise para retomar a normalidade de suas atividades de gastos. Pensando nisso, a consultoria PwC mapeou as principais tendências de consumo do brasileiro após a retomada da economia. Lidera a lista de desejos o retorno a restaurantes, bares e outros tipos de entretenimento. Segundo a pesquisa, 41% dos brasileiros pretendem aumentar os gastos nesse tipo de experiência em breve.

Empatado na primeira posição com 41% estão as pessoas que pretendem manter o atual comportamento de consumo e aproveitar a retomada da economia para poupar dinheiro. A preocupação com uma nova crise política também é refletido na escolha de muitos brasileiros. Isso porque 38% dos ouvidos na pesquisa disseram que vão aumentar a quantidade de pagamentos à vista quando retomarem as receitas.

De volta ao consumo voraz

Mas nem todo mundo pretende só poupar ou evitar endividamento. Para 34% dos pesquisados, assim que a situação econômica melhorar pretendem voltar adquirir produtos de marcas favoritas. Aumentar gastos com produtos de moda em geral, como vestuário, sapatos, acessório será prioridade para 33%. A mesma porcentual é visto entre aqueles que pretendem investir em formação ou profissional. Por fim, 31% das pessoas pretendem voltar a investir em experiências. A opção de viajar mais para outros países ou ficar em hotéis melhores é o sonho de consumo dessas pessoas para o pós-crise.

Fonte: Portal No Varejo

 

Newsletter

Sistema CNDL
©2016-2022 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG

Política de Privacidade
Topo