Notícias

20.12.2017

Segurança: Como proteger sua loja e funcionários e evitar ser alvo de bandidos

Compartilhe: Google+

Furtos e roubos são preocupações constantes para o comércio, que sofre corriqueiramente com esses e outros crimes. No fim de ano, quando há maior movimentação de pessoas e também de dinheiro por causa das vendas natalinas, a apreensão aumenta. Por isso, preparamos uma matéria especial com informações de como você pode proteger o estabelecimento e os colaboradores para evitar ser alvo de bandidos e ainda contar com o apoio da Polícia Militar de Santa Catarina

As orientações são da subcomandante do 10º Batalhão de Polícia Militar, em Blumenau, Major Patrícia Maccari. Confira!

Estrutura física

Trabalhar a estrutura física é muito importante para a segurança. As orientações variam bastante, pois levam em conta algumas variáveis, como a iluminação e a localização das gondolas e do caixa. Em geral, é melhor que o caixa fique nos fundos, mas depende da visibilidade dele. Cada caso requer um tipo de ação, por isso, a Polícia Militar (PM) de Blumenau está oferecendo um serviço de análise e orientação para os comerciantes. Para receber uma equipe da PM basta agendar uma visita com a Tenente Carla pelo número 3221-7342. O serviço é gratuito.

Ambiente iluminado é sempre muito importante para evitar a ação de criminosos. Sistemas de monitoramento evitam o crime e caso este ocorra auxiliam na identificação dos bandidos.

Funcionários: como agir

 O celular virou um ponto de distração das pessoas, inclusive dos funcionários dos estabelecimentos, e o marginal trabalha muito com a oportunidade. Então, é preciso voltar a atenção para a loja. Procure saber quantas pessoas estão na loja e quem são. Se causar suspeição, deve-se acionar o 190 para chamar a PM.

Cuidado com grupos grandes na loja, pois costumam dispersar a atenção dos colaboradores. É preciso redobrar a atenção e preparar o ambiente para isso. Não deixar tão acessíveis objetos ou mercadorias que possam ser alvos fáceis de furtos.

Vítima de ação criminosa: como proceder

É bastante difícil, mas caso ocorra um roubo, é preciso tentar manter a calma e se atentar as características dos criminosos, como o tipo de roupa, aparência física, armamento utilizado e carro usado na fuga.

Assim que possível, deve-se acionar a PM por meio do número 190, pois, às vezes um caso soluciona outros. Afinal, é muito comum um mesmo marginal ou grupo agir do mesmo modo em diversos outros estabelecimentos.

Se houver sistema de monitoramento deve-se analisar as imagens e entregar as autoridades competentes.

Rede de Vizinho Solidário

Muito conhecido por moradores, o programa Rede de Vizinho Solidário pode ser usado também pelos comerciantes. Os interessados devem montar um grupo e agendar uma reunião com a Tenente Carla, que orientará os participantes de como o programa funciona, quais tipos de informações são relevantes e como agir para se tornar um grupo eficaz. O agendamento deve ser feito pelo número 3221-7342.

Importante! Não é um grupo de emergência e não substitui o 190. Casos de emergência devem ser repassados sempre à Central Regional de Emergência  190.

Lembre-se

  • Atitudes preventivas ajudam pessoas e estabelecimentos a não se tornarem vítimas.
  • Pequenos detalhes fazem a diferença, por isso esteja atento.
  • O criminoso irá trabalhar no que é mais fácil, por isso dificulte a vida dele.
  • Nunca deixe de informar as autoridades policiais sobre furtos e roubos que tenham ocorrido. Atualmente todo o planejamento de segurança pública é feito por meio de análise de estatísticas. Se não houver os devidos registros de crimes, possivelmente a estratégia não será tão assertiva.

 

Orientações sobre segurança no estabelecimento comercial

 

Newsletter

©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo