Notícias

27.09.2021

CDL Jovem Blumenau conhece a história e a fábrica da Cerveja Blumenau

Compartilhe: WhatsApp

Na última quinta-feira, 23, a CDL Jovem Blumenau organizou uma Reunião Itinerante para conhecer a história e as instalações da Cerveja Blumenau. A visita técnica, que foi aberta ao público, contou com a participação de 20 pessoas, entre nucleados e profissionais de diferentes segmentos.

O grupo foi recepcionado pelo diretor executivo da Cerveja Blumenau, Valmir Zanetti, que conduziu toda a visita pela fábrica ao longo da noite e dividiu o encontro em dois momentos, falando tanto sobre a história da cervejaria como do processo de fabricação e venda de cerveja.

O anfitrião contou que tudo nasceu com a singela ideia de produzir uma bebida comemorativa para o aniversário de Blumenau. Porém, o feedback foi tão imediato e positivo que a homenagem se transformou em um projeto de proporções maiores até chegar à marca atual.

“A proposta de fazer o que é hoje a Cerveja Blumenau veio ao encontro do meu envolvimento com o turismo, pois você não consegue falar de turismo na nossa região sem falar de cerveja. Para qualquer lugar do Brasil que você vá, as pessoas lembram de Blumenau como a terra da cerveja boa. Falam de como é bonito, de como é uma cidade gostosa e que tem boas cervejas. Entendendo essa imagem, percebemos um grande potencial de negócio. Acabamos nos envolvendo e ampliando essa ideia”, contou o empresário.

Há seis anos no mercado, a marca já está presente em 18 estados e, desde 2016, possui uma fábrica própria, que hoje conta com capacidade para produção de 300 mil litros ao mês. Entretanto, Zanetti disse que a empresa está longe de ter atingido seu auge e que as diretrizes para o futuro estão bem definidas.

“Localmente, trabalhamos com um relacionamento forte da nossa equipe com o cliente, e fora de um raio de cerca de 100km, optamos por terceirizar. Hoje, atendemos 18 estados. A priori, nosso projeto visa que, até 2025, estejamos presentes em todos os municípios com mais de 200 mil habitantes, o que totaliza cerca de 155 municípios do País onde há uma renda per capita boa e uma estrutura com lojas especializadas e restaurantes que possam dar capilaridade para nosso empreendimento”, comenta.

Ao final da visita, o empresário ressaltou a responsabilidade que a cervejaria tem ao carregar o nome da Capital Nacional da Cerveja em seus rótulos, e reforçou que um dos principais objetivos da empresa é deixar um legado para Blumenau por meio de projetos que fortaleçam o turismo na região e que criem condições para o surgimento de novas cervejarias artesanais.

“Além de procurarmos sempre estar atentos a padrões de qualidade e de processos, queremos também deixar um legado e ajudar a construir novos projetos para a cidade, tanto para o turismo como para o meio cervejeiro, possibilitando que esses projetos possam nascer de maneira saudável, com planejamentos e processos bem definidos, e com alguma experiência provida por nós e por outras cervejarias”, completou Zanetti.

O coordenador da CDL Jovem Blumenau, Rodrigo da Silva, afirmou que o encontro foi produtivo e trouxe lições valiosas sobre modelos de negócio. “Quando você conhece todo o trabalho e o zelo investidos em toda produção da Cerveja Blumenau, você passa a valorizar mais o produto. Além de entendermos como funciona a produção dos rótulos, pudemos agregar muito conhecimento sobre gestão de negócios e como é importante estudar e saber fazer as escolhas certas para ter resultado em um mercado competitivo”, contou o coordenador.

Para saber mais sobre a Cerveja Blumenau e seus produtos, acesse o site http://www.cervejablumenau.com.br/site/.

Para conferir a programação da CDL Jovem e participar dos encontros, basta acompanhar o núcleo nas redes sociais (Facebook e Instagram) e se inscrever.

 

Newsletter

Sistema CNDL
©2016-2022 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG

Política de Privacidade
Topo